lista de seguidores

quarta-feira, 20 de março de 2013

Vídeo da “renúncia” de Marco Feliciano é criticado pelo PSC

Vídeo da “renúncia” de Marco Feliciano é criticado pelo PSC
O partido não pretende tirá-lo da presidência da CDHM, mas vai pedir cautela para materiais com este tipo de conteúdo.


Vídeo da "renúncia" de Marco Feliciano é criticado pelo PSC
O vídeo divulgado pela assessoria do deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) com o título de “Pastor Marco Feliciano renuncia” não foi bem aceito pelos deputados do Partido Social Cristão que se reuniram nesta terça-feira (19) para comentar sobre o impacto negativo do conteúdo exposto nas mídias sociais.
Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o deputado André Moura (PSC-SE), líder do partido, comentou que não concordou com a publicação do vídeo.
“Nós já orientamos ele e vamos reafirmar essa posição de que agora é um momento de julgar as ações positivas e não estar divulgando posicionamento de que não vai renunciar. Não concordamos com isso”, disse.
No vídeo vemos a manifestação realizada na frente da Catedral do Avivamento, em Ribeirão Preto (SP), no dia 11 de março, onde dezenas de pessoas protestaram contra a eleição de Feliciano como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM).
Também alguns ataques a seus opositores políticos e lideranças do movimento LGBT, trechos de outros vídeos postados na internet que falam contra esses representantes.
Durante a reunião Feliciano se defendeu dizendo que não pediu a criação do vídeo e que foi sua assessoria que tomou a liberdade de criar o filme com quase nove minutos de duração.
“Nós não fizemos o vídeo. Quando tomei conhecimento, ele já tinha explodido na mídia. Minha assessoria viu, achou interessante e divulgou. Eu preciso, inclusive, ver o vídeo direito porque eu não sei o que tem de tão interessante”, se defendeu o pastor.
No final da reunião Moura disse que deixou claro para Feliciano que esse tipo de material não beneficia o partido. “O que importa para nós é que conversamos com ele e dissemos a nossa posição. Esse tipo de vídeo contribui em nada para que possamos ter um trabalho produtivo na comissão. Agora, o que cabe ao pastor é, através de sua força de trabalho, dar resposta à sociedade. Esperamos que esse seja o comportamento dele daqui para frente”, disse.
Assista:



 por Leiliane Roberta Lopes
Fique bem Informado...
Deixe seu comentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas